quarta-feira, 8 de junho de 2011

Fatores que levaram a ascensão dos regimes autoritários

A ascensão dos regimes totalitários na Europa, ocorreu no período entre guerras, período este que caracteriza-se pelas imensas dificuldades enfrentadas por nações de todo mundo, sobretudo aquelas que foram derrotadas no primeiro conflito.  
Grande parte dos países envolvidos no conflito teve prejuízos materiais e humanos, e o cenário geral era de frustração e desânimo. Os sobreviventes tinham diante de si governos debilitados..., péssimas condições sociais e intensa exploração dos trabalhadores. Isso levou a um quadro de instabilidade social e política, agravado ainda com a Grande Depressão de 1929.   
A crise favoreceu, assim, a ações de ideologias e movimentos políticos que pregavam a destruição da democracia e a instauração de regimes “fortes”, ditatoriais, capazes de mobilizar a nação em torno de idéias nacionalistas e tirá-las do caos.
Tal situação em que os países se encontravam, assumiram proporções de catástrofe nacional. As pessoas perderam a confiança nos valores da democracia e passaram a procurar soluções radicais e autoritárias que tirassem os países da crise e resgatassem o orgulho nacional ferido.
Foi nestas circunstâncias que movimentos de direita como o fascismo na Itália, o nazismo na Alemanha, o franquismo na Espanha e o salazarismo em Portugal ganharam força.
A principal base de apoio destes movimentos eram as classes medias insatisfeitas com a crise e assustadas com a possibilidade de uma revolução socialista como ocorreu na Rússia em 1917, o exacerbado nacionalismo herdado do século XIX e de ressentimentos nacionais provocados pelos resultados da Primeira Guerra Mundial,                  

Um comentário:

  1. Parabéns pela síntese, a busca pela segurança, normalmente leva a perda da liberdade, situações intrincadas, de difícil conciliação, mas não impossível, penso que deva ser nossa meta. Abraços.

    ResponderExcluir