terça-feira, 4 de outubro de 2011

A PRÉ-HISTÓRIA DO PIAUÍ - O PARQUE NACIONAL DA SERRA DA CAPIVARA

Hoje, quando se fala em Pré-História do Brasil ou mesmo da América é necessário citar o Estado do Piauí, mais precisamente o município de São Raimundo Nonato, distante setecentos quilômetros da capital, Teresina. Este município ganhou destaque nacional, e até mesmo mundial, a partir da década de setenta, quando tiveram início naquela região as pesquisas arqueológicas realizadas pela missão franco-brasileira comandada pela arqueólaga Niède Guidon.
            As primeiras notícias dos vestígios arqueológicos no Piauí surgiram em 1963, quando o então Prefeito de São Raimundo Nonato procurou o Museu Paulista para mostrar fotografias de pinturas rupestres de sua região. Foram vistas por Niède Guidon, arqueóloga do Museu. Ela reconheceu serem trabalhos pré-históricos de um tipo não conhecido no Brasil.
            Graduada em História Natural, em 1964 ela foi para França e especializou-se em Arqueologia.
            Em 1970, a arqueólaga fez uma visita ao município de São Raimundo Nonato. Três anos depois, começaram as suas pesquisas sobre as pinturas rupestres, objeto de sua tese de doutorado na França.
            Foi firmado um convenio entre o Brasil e a França que reuniu vários especialistas entre ecólogos, botânicos, químicos, físicos, parasitologistas, geólogos e antropólogos, os quais começaram os estudos para compreender a interação homem e meio em épocas remotas.
            As escavações tiveram início em 1978, na Toca do Boqueirão da Pedra Furada e se estenderam por dez anos, permitindo a descoberta de vestígios que foram datados pela técnica do Carbono 14, alcançando até 60 mil anos. Restos de pinturas foram encontrados em camadas muito antigas, sendo, portanto, as primeiras manifestações de arte pré-histórica na América.
            Alem das pinturas, foram encontrados também ossos de animais, instrumentos de pedra lascada e fogões-pedras dispostas em torno de fogueiras.
            As descobertas realizadas por Niède Guidon e sua equipe concluíram que em São Raimundo Nonato, no Piauí, viveram antepassados do homem há cerca de 60 mil nãos.
            Em 1979, a Serra da Capivara foi transformada em Parque Nacional para proteger a área que possui o mais importante patrimônio pré-histórico do Brasil. Desde 1961, esse imenso acervo está inserido na UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. 
FONTE: Estudos Regionais, geografia e história do Piauí -Joselina Lima Pereira Rodrigues  

Um comentário:

  1. O parque da Capivara foi fundado no mesmo período que começaram as pesquisas de Niede Guidón?

    ResponderExcluir