sexta-feira, 9 de setembro de 2016

CORRUPÇÃO: UMA POLÍTICA SOCIAL QUE DÁ CERTO

              Estou passando pra lembrar, que estamos vivendo nesse momento mais um processo eleitoral, no qual os munícipes dos mais de 5.000 municípios do nosso país irão no próximo dia dois de outubro eleger seus representantes para “bem governar as políticas publicas voltadas para os interesses da população local”. Antes, convido-lhes a fazer um exame de consciência a fim de observar a eficácia dessas políticas e a veracidade do interesse do bem governar.
            Iremos, ou melhor, já estamos vendo e ouvindo inúmeras promessas de políticas públicas voltadas para melhoria da saúde, da educação, da segurança, do saneamento básico, do transporte......  Então,  pare e se pergunte! Qual delas funciona em seu município? Não é difícil adivinhar a resposta, não é mesmo? Pacientes morrendo nos corredores dos postos de saúde, escolas sem a mínima estrutura física de funcionamento, sem falar da continuada política de desvalorização do magistério, esgoto a  céu aberto, lixo nas vias publicas, transporte ineficaz, sem falar  no tempo gasto nos ponto de ônibus.Ufa! Sendo assim onde está a política do bem governa?
            Se você não tem a resposta, lhe convido a novamente a fazer um exame de consciência.
            A política do bem governar pode ser encontrado numa que desde os tempos de Cabral vem dando certo em nosso país: o famoso jeitinho brasileiro, ou seja, numa palavra: a CORRUPÇAO. Ela mesma, que sempre está presente em nosso dia a dia como uma parte de nos mesmos e que consciente ou inconsciente  a abraçamos como uma forma rápida e mais cômoda de resolver o que nos incomoda no momento sem pensar nas conseqüências vindouras, e fortalecida a cada quatro anos quando nos concentramos na frente de palanques com bandeiras e aplausos de apoio a cada vez que nos deixamos enganar por demagogos que se utilizam  das mesmas promessas que outrora não fora cumprida.
 É por isso, que a corrupção vem se destacando como a política publica que mais funciona em nosso país, porque se tornou vitalícia e eficiente com o meu, o seu e o nosso apoio por eleger sempre as mesmas peças.