domingo, 18 de junho de 2017

A época medieval na Europa

1) Quais os principais aspectos que diferenciavam os germânicos dos romanos?
R- Os germânicos se diferenciavam dos romanos quanto a organização do Estado; não tinham leis escritas nem instituições políticas como o Senado ou Assembléia; o poder e o próprio reino eram propriedades do rei.

2) O que favoreceu o Reino Franco alcançar maior estabilidade a ponto de se tornar um dos mais poderosos entre os reinos germânicos?
R- Foram as relações estabelecidas com a Igreja Católica que, naquela época passava por um período de fortalecimento.

3) que rei foi responsável pela unificação dos francos em 496? O que possibilitou o fortalecimento do seu poder?
R- O rei responsável pela unificação dos francos foi Clóvis. Seu poder foi fortalecido por meio da aliança com a Igreja Católica, permitindo a expansão do reino e, também pela política de doação de parte das terras conquistadas para a Igreja e para os chefes militares.

4) Porque a vitoria de Carlos Martel na batalha de Poitiers favoreceu a Igreja Católica?
R- Porque o exercito franco derrotaram os árabes que pretendiam conquistar territórios europeus. Com isso o governo franco impediu a divulgação do islamismo naqueles territórios, situação que beneficiou a Igreja Católica.  

5) Descreva como estava estruturado a administração do Império Carolíngio.
R- A fim de melhor governar o império, Carlos Magno dividiu-o em regiões denominadas marcas governadas por marqueses, condados governados por condes, e ducados governados por duques. Criou moedas, organizou leis, etc.

6) Destaque algumas características do feudalismo.
R- Poder político descentralizado; sociedade estamental; economia agrária e autossuficiente; não existia mobilidade social; mão de obra servil...

7) Explique a relação de suserania e vassalagem.
R- Essa relação se dava por meio da doação de terras. Quem doava a era chamado de suserano, e quem recebia era o vassalo, que prometia-lhe defendê-lo em tempos de guerra.

8) Como funcionava a ideologia criada pelos pensadores da Igreja para justificar a divisão da sociedade feudal em três ordens.?
R- De acordo com esse modelo desde que o mundo foi criado, foram distribuídas tarefas diferentes para cada grupo humano: os nobres deveriam lutar para proteger o povo; o clero, devia orar pela salvação de todos; e os camponeses deviam trabalhar para sustentar a todos.

9) Quem eram os cavaleiros? Qual a sua função?
R- Eram guerreiros a serviço do senhor feudal e ao mesmo tempo guardiões dos castelos Sua função era proteger o castelo.

10) Qual era a base da economia feudal?
R- Era a agricultura, porém se praticava o artesanato e algumas atividades comerciais.

11) Em relação ao poder da Igreja Católica na Idade Média, responda:
a) O que contribuiu para fortalecer a identidade cultural cristã na Europa medieval?/
R- Em uma época assolada por guerras e doenças a mensagem cristã encontrava boa aceitação entre a população. As alianças entre os reis germânicos e a Igreja resultaram na conversão de grande parte da população da Europa ao cristianismo. Com o aumento do número de cristãs aumentava também a influencia da Igreja sob um grande número de pessoas eu seguiam seus ensinamentos e submetiam-se as suas regras.

b) O que possibilitou o fortalecimento do poder material da Igreja Católica?
R- Foram as doações de terras e de dinheiro que eram entregues à Igreja pelos próprios fieis. Desse modo a Igreja acabou se tornando a maior proprietária de terras na Europa. Com mais riqueza e poder a Igreja também exercia influencia política.

12) Explique o eu eram as ordens monásticas, bem como os que elas defendiam.
R- Eram organizações criadas por alguns clérigos que defendiam a vida simples sem riquezas, voltado à ajuda dos mais necessitados e dos mais pobres, assim como era na origem da Igreja.

13) Quem eram considerados hereges para a Igreja Católica?
R- Eram todos aqueles que negavam a autoridade da Igreja, ou que não aceitavam seus dogmas.

14) Explique o que eram as iluminuras.
R- Eram ornamentos e ilustração que acompanhavam muitos dos textos produzidos no período medieval. Sua função era adornar esses textos e também colaboravam na educação religiosa.

15) Destaque algumas transformações ocorridas na passagem da alta Idade Media para a Baixa Idade Media.
R- Pouco a pouco a sociedade da época medieval vivenciava a diminuição das guerras, o crescimento da população e a ampliação das áreas de cultivo e o uso de técnicas agrícolas eficiente.

16)  Explique o que foram as Cruzadas.
R- Foram expedições militares organizadas pela Igreja para reconquistar dos turcos a Terra snata.

17) Destaque a motivação religiosa, social e econômica que impulsionaram as cruzadas.
R- Religioso – era expulsar os turcos que haviam conquistado a Palestina e dificultado as peregrinações dos cristãos aos lugares onde Jesus Cristo viveu.
Social – o aumento populacional levou a falta de oportunidades de trabalho para todos. Assim enviara essas pessoas para combater no Oriente em nome da fé cristã era também uma maneira de resolver os problemas populacionais na Europa.
Econômico- muitos nobres sem terras acreditavam que poderiam viver aventuras e conquistar riquezas no Oriente. Os comerciantes europeus por sua vez, apoiaram as Cruzadas, pois tinham interesse em estabelecer novas relações comerciais com o  oriente.

18) Destaque as principais conseqüências das Cruzadas que marcaram a sociedade feudal européia.
R- Intensificação do comercio na Europa, aumento do consumo de produtos orientais, navegação pelo mar Mediterrâneo por mercadores europeus e, crescimento das cidades européias. Todos esses fatores contribuíram para enfraquecer o poder dos nobres e desestruturar o sistema feudal.

19) Explique o que eram as corporações de ofícios.
R- Eram associações de artesãos que exerciam a mesma profissão. Esses profissionais se agrupavam para defender seus interesses. Alem disso essas associações organizavam a construção de capelas e escola primaria nos locais onde atuavam.

20) O que eram os burgos? Explique qual a  relação entre burgos e burgueses.
R- O burgo era uma cidade cercada por muros, que se formava junto às muralhas de um castelo ou de uma cidade mais antiga. Os comerciantes, com o crescimento do comercio e das cidades foram se tornando muito numerosos. Eles habitavam e exerciam suas atividades dentro dos burgos e por isso eram chamados de burgueses.

21) Destaque as principais justificativas que levaram a Guerra dos Cem Anos.
R- Ocupação de territórios ingleses desde meados do século XII pelos normandos que viviam no Norte da França.; disputa pelo trono Frances entre Filipe de Volois, nobre Frances e Eduardo III monarca inglês. Na condição de neto de um falecido rei Frances, se julgava no direito de unir as duas coroas; a disputa pela região de Flandres (França) entre as duas coroas.

22) Quais foram as conseqüências políticas causadas pela Guerra dos Cem Anos?
R- Foi o enfraquecimento da nobreza feudal e o aumento do poder do rei.

23) Quais foram as conseqüências econômicas oriundas da pela Guerra dos Cem Anos?

R- Foi a ascensão social da burguesia, adquirindo propriedades de nobres falidos e apoiando a concentração de poderes pelo rei, pois isso significava a unificação da moeda e a proteção do mercado contra concorrentes externos.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário